Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Ainda não sabe o que levar para a maternidade na hora "H"?

24/07/2017 - 10:55

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Ainda não sabe o que levar para a maternidade na hora "H"?

O que levar na mala da maternidade?

A lista sobre o que levar na mala da maternidade varia de hospital para hospital, estação do ano do parto e muitos outros fatores.

Abaixo descrevemos uma idéia do que levar para o seu grande dia, a lista pode variar, por opções ou orçamentos, mas, tem dicas muito interessantes.

O que levar na mala da maternidade

PARA A MÃE
– calcinhas confortáveis (2 para cada dia de internamento) e meias.
– pijama próprio para ajudar na amamentação.
– outro pijama bom para amamentar, mas que não foi comprado especialmente para a ocasião (porque é possível que você suje o primeiro).
– Sutiã de amamentação.
– pacote de absorventes noturnos.
– roupa para sair da maternidade (se você foi com qualquer roupa porque saiu correndo para o hospital, é bacana levar outra roupa para você sair. Se você marcou uma cesárea e pode se arrumar antes de ir e sai com a mesma roupa que chegou).
– escova de dentes, de cabelo, pasta de dente, shampoo, condicionador, sabonete e desodorante. Eu não levei sabonetes especiais e cremes porque sabia que não ia usar, mas se você for disciplinada com isso, leve.
– cinta pós-parto. Eu levei com base na minha experiência anterior, mas meu obstetra contraindicou o uso (já falei disso aqui).
– chinelo de dedo para usar no banho.
– pantufa ou outro chinelo para andar pelo hospital (eu amo o Crocs para essa finalidade porque é fácil de colocar, pode ser com meia e sem meia mesmo se a unha do pé não estiver feita).
– absorvente para seios.
– concha para seios.
– lembrancinhas da maternidade e quadrinho da porta da maternidade.

PARA O BEBÊ
– 3 conjuntos de roupa do tamanho previsto para o bebê (no meu caso foi RN). Cada conjunto tinha: um body de malha para colocar por baixo, uma calça de malha para colocar por baixo, um tip top de manga comprida, um par de meias, um par de luvas, uma touca (essa touca e esse luva eram de algodão fininho) e um cueiro.

3 trocas completas

Eu tinha comprado uns conjuntinhos de luvas e toucas fofos e baratos por isso cada troca tinha um diferente. Você pode aproveitar uma touca só todos os dias (e se estiver bem calor, nem precisa), mas a luvinha a criança pode colocar na boca e molhar. Então, é interessante ter mais do que um par. Além do frio, a luva protege das pequenas unhas afiadas do recém-nascido.

– Roupas extras: dois tip tops P, dois bodies P, duas calças P, dois pares de meia.
– 5 fraldas de pano e 3 panos de boca.
– Toalha para o bebê.
– Sabonete líquido (eu levei o Da cabeça aos pés, da Johnsons).
– Um pacote de fraldas RN (eu levei um pacote de 20 unidades da Pampers).
– Pomada para assadura (eu levei Dermodex).
– Lenço umedecido (mas você não vai usar no bebê tão pequeno. Eu levei o lencinho Sensitive, da Pampers).
– Chupeta (eu levei, mas não é indicado dar para o bebê antes que ele esteja bem adaptado com a amamentação – mínimo uns 10 dias, mas varia para cada criança).
– 1 manta de malha (mais fina).
– 1 manta de soft (se for bem frio, pode ser até de lã).
– 1 casaquinhos P.

As trocas de roupas prontas, eu levei separadas em saquinhos de tecido feitos pela minha mãe. A primeira troca você vai ter que deixar pronta porque é o que o pessoal da maternidade vai colocar após o parto. As demais, você vai trocar no quarto, mas se já tiver separado ajuda bastante, né?

Não é preciso ter uma mala especial de maternidade. Na época da Manuela, eu usei uma mala minha mesmo. MAS, na segunda gravidez, eu comprei uma mala Gade Baby e não me arrependi, foi um ótimo investimento. E eu explico por que:

Divisórias: As bolsas tem divisórias e compartimentos diversos o que facilita (muito) a separação das roupinhas, coisas da mãe e acessórios do bebê. Cada modelo varia o tipo de divisão interna. A que eu comprei tinha compartimentos separados, que você consegue acessar individualmente. Ou seja, coisas do bebê de um lado e coisas da mãe do outro. Eu amei! Para quem acha que não precisa, há modelos com um compartimento só, também dividido.

Além disso, as malas são perfeitos para carregar roupas sujas nas viagens ou mesmo na bolsa de maternidade do dia a dia.

Tamanho: As malas da Gade Baby e Nina e Neco são amplas e espaçosas. São divididas em três tamanhos e cada modelo pode ser utilizado de uma maneira. Então, usei tanto na ida para a maternidade quanto em outras ocasiões. Ela é ótima mala de viagem para qualquer membro da família.

Vejam na foto abaixo:
Ainda não sabe o que levar para a maternidade na hora "H"?

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Seja o Primeiro a comentar

Enviando Comentário Fechar :/